Go to ...

Jornal de Ciência Espírita on YouTubeRSS Feed

24/08/2017

Um espírito elevado não vai pedir coisas materiais e terrenas como cigarros, charutos, bebidas alcoólicas Wilson Moreno


Um espírito elevado não vai pedir coisas materiais e terrenas como cigarros, charutos, bebidas alcoólicas, comida e despachos quem pede essas coisas são espíritos inferiores e atrasados moralmente que ainda estão apegados a matéria.
Eles desencarnaram mais estão ainda apegados ao plano terreno querendo ainda experimentar as coisas do mundo terra como fumar, beber, comer e fazer sexo.

Um espírito elevado não possui apegos as coisas materiais e nem vícios eles só pregam o bem, a caridade, as virtudes, a elevação moral, o desapego as coisas materiais, a depuração espiritual, eles procuram moralizar e espiritualizar os encarnados.

Existem muitos espíritos enganadores e espertos e mentirosos no plano espiritual eles podem enganar as pessoas tomando nomes falsos e usando uma linguagem melosa e doce o Mestre Kardec chama esses espíritos de os falsos profetas da erraticidade são espíritos sedutores e enganadores.

Para evitar esses espíritos mistificadores temos que passar pelo crivo da razão e da lógica todas as mensagens e comunicações mediúnicas, só devemos aceitar o que tiver bom senso, lógica, racionalidade com uma moral elevada e nobre.
Ensinamentos mediúnicos sem lógica, sem base racional, sem bom senso, sem elevação moral com idéias estranhas e místicas devemos rejeitar logo.

Um espírito elevado não fala palavrões e nem pede coisas materiais como bebidas alcoólicas, charutos, velas, despachos e comida somente espiritos sem luz ainda condicionados as sensações terrenas é que pedem essas coisas.
Esses espiritos estão apegados a matéria.

Como evitar esses espiritos mistificadores e obsessores?

Vejamos esse texto de Kardec.

Não devemos julgar os Espíritos pelo aspecto formal e a correção do seu estilo, mas sondar-lhes o íntimo, analisar suas palavras, PESÁ-LAS FRIAMENTE, MADURAMENTE E SEM PREVENÇÃO. TODA FALTA DE LÓGICA, DE RAZÃO E DE PRUDÊNCIA NÃO PODE DEIXAR DÚVIDA QUANTO À SUA ORIGEM, qualquer que seja o nome de que o Espírito se enfeite. Os Espíritos bons só dizem o que sabem, calando-se ou confessando a sua ignorância sobre o que não sabem. Os maus falam de tudo com segurança, sem se importar com a verdade. Toda heresia científica notória, todo princípio que choque o bom senso revela a fraude, se o Espírito se apresenta como esclarecido.

Submetendo-se todas as comunicações A RIGOROSO EXAME, sondando e analisando suas idéias e expressões, como se faz ao julgar uma obra literária e rejeitando sem hesitação tudo o que for contrário à lógica e ao bom senso, tudo o que desmente o caráter do Espírito que se pensa estar manifestando, consegue-se desencorajar os Espíritos mistificadores que acabam por se afastar, desde que se convençam de que não podem nos enganar. Repetimos que este é o único meio, mas é infalível porque NÃO EXISTE COMUNICAÇÃO MÁ QUE RESISTA A UMA CRÍTICA RIGOROSA.

Os Espíritos bons jamais se ofendem, pois eles mesmos nos aconselham a proceder assim e nada têm a temer do exame. Somente os maus se melindram e procuram dissuadir-nos, porque têm tudo a perder. E por essa mesma atitude provam o que são.

Eis o conselho dado por São Luís a respeito:

“Por mais legítima confiança que vos inspirem os Espíritos dirigentes de vossos trabalhos, há uma recomendação que nunca seria demais repetir e que deveis ter sempre em mente ao vos entregardes aos estudos: A DE PESAR E ANALISAR, SUBMETENDO AO MAIS RIGOROSO CONTROLE DA RAZÃO TODAS AS COMUNICAÇÕES QUE RECEBERDES; a de não negligenciar, desde que algo vos pareça suspeito, duvidoso ou obscuro, de pedir as explicações necessárias para formar a vossa opinião.”

Allan Kardec
O Livro dos Médiuns cap 24

3.79/5 (6)

Por favor, avalie este artigo.

Tags: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More Stories From Livres Pensamentos