Go to ...

Jornal de Ciência Espírita on YouTubeRSS Feed

22/08/2017

Platão

Aprender a Morrer Rafael Meneses

Um dos períodos mais fecundos da filosofia se encontra na antiguidade clássica. Julgamos que é neste momento histórico que ela melhor revela suas potências para a elevação do espírito humano precisamente porque se ocupou com o drama humano e não se afastou dos problemas religiosos, que foram melhor formulados e exaustivamente investigados. A partir de

A criação do Princípio Inteligente e a grandeza do Criador J. Herculano Píres em Agonia das Religiões

Na ação de Deus sobre a matéria o pensamento divino aglutina a matéria, dando-lhe estrutura, através da qual temos a passagem do pensamento do plano do inteligível para o plano do sensível. Uso a divisão de Platão neste sentido: o inteligível é o intelecto divino e o sensível é o plano do sensório, das sensações humanas.

Papel dos espíritas perante o Espiritismo João Viegas

Muitos espíritas acreditam que a filosofia espírita é mérito exclusivo dos Espíritos, cabendo a Kardec apenas sistematizar e organizar as comunicações provenientes do plano espiritual. Este comportamento poderia sugerir aos adeptos do Espiritismo uma postura passiva e silenciosa diante das comunicações, sem a necessidade de investigação, análise e ponderações, uma vez que os Espíritos nos