Go to ...

Jornal de Ciência Espírita on YouTube

20/07/2017

Kardec

Aprender a Morrer Rafael Meneses

Um dos períodos mais fecundos da filosofia se encontra na antiguidade clássica. Julgamos que é neste momento histórico que ela melhor revela suas potências para a elevação do espírito humano precisamente porque se ocupou com o drama humano e não se afastou dos problemas religiosos, que foram melhor formulados e exaustivamente investigados. A partir de

Kardec e a Terapêutica Espírita João Donha

“Tenho lido, repetidas vezes, afirmações de que as práticas terapêuticas disseminadas pelos nossos centros (água fluidificada, passe e desobsessão) seriam criações do espiritismo brasileiro. Não. Como muitas outras coisas cujas origens são questionadas, essas práticas são também de responsabilidade de Kardec. Senão, vejâmo-las em citações do mestre lionês.”

Kardec e os conselhos de Erasto Anderson Santiago

Considerado por Allan Kardec como um Espírito que produziu comunicações que traziam o cunho incontestável da profundeza e da lógica, Erasto é um daqueles Espíritos a quem podemos chamar de sábio e profundo conhecedor da fenomenologia mediúnica. Não por acaso são encontradas muitas comunicações de sua autoria em um capítulo de O Evangelho segundo o

O Nascimento da Doutrina dos Espíritos Moura Rêgo

Em 18 de abril de 1857, com a chegada da primeira edição de O Livro dos Espíritos, marcou-se o nascimento da Doutrina dos Espíritos. Ora, nenhuma doutrina nasce de um dia para outro, mormente quando o desenvolvedor, o divulgador, o codificador chama-se Allan Kardec. Pedagogo laureado por duas vezes academia real D’Arras, Denisard Hipolite-Leon Rivail, detinha-se desde

Primeiro Kardec José Carlos da Silva Silveira

Estudar os livros de Allan Kardec antes de palmilhar os caminhos da imensa bibliografia espírita já existente é fator essencial para uma jornada doutrinária isenta de atropelos. Isso porque ser espírita sem Kardec — admitamos a possibilidade à guisa de argumentação — é andar sem destino, é navegar sem bússola, é levantar um edifício sem cuidar

Justiça: De Kardec ao Século XXI

Amigos ofereço este artigo, para análise de todos. Apesar de extenso, é um texto bastante lúcido e atual, que trata da evolução da Ciência Jurídica no mundo, e em nosso país, além de analisar o ideal de Justiça – o seu real significado, com base nos postulados da Doutrina Espírita. – Luiz Gonzaga Novembro de

A Resistência Por Backpacker

É preferível rejeitar dez verdades do que aceitar uma única mentira (Mieux vaut repousser dix vérités qu’admettre un seul mensonge), assegurou Erasto, um dos discípulos de Paulo de Tarso, que auxiliou na organização da Doutrina Espírita, junto à equipe do Espírito Verdade. Viver em coerência com os princípios espíritas não é uma das tarefas mais fáceis…

Obra da codificação adicionada: CI – Céu e o Inferno

Adicionamos mais uma Obra da Codificação espírita, para acessar o seu conteúdo completo , navegue pelo menu no topo da página, ou clique sobre a capa ao lado. ou clique aqui. Tradução de J. Herculano Píres. Por favor, avalie este artigo. Clareza da linguagem Qualidade da informação fornecida Relevância do conteúdo sobre o tema Qualidade da diagramação