Go to ...
Jornal de Ciência Espírita on YouTubeRSS Feed

18/11/2017

Quem foi: José Herculano Píres O Apóstolo de Kardec


J. HERCULANO PIRES, nasceu em 25/09/1914 na antiga província de Avaré, no Estado de São Paulo e desencarnou em 09/03/1979, em São Paulo. Filho de José Pires Correa e de Da. Bonina Amaral Simonetti Pires. Fez seus primeiros estudos em Avaré, Itai e Cerqueira César. Revelou sua vocação literária desde que começou a escrever.

Aos 16 anos publicou seu primeiro livro, Sonhos Azuis (contos) e aos 18, o segundo livro Coração (poemas livres de sonetos). Já colaborava nos jornais e revistas das cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro. Foi um dos fundadores da União Artística do Interior. Mudou-se para Marília em 1940 onde adquiriu o Jornal Diário Paulista e o dirigiu durante 6 anos. Com José Geraldo Vieira, Zoroastro Gouveia, Osório Alves de Castro, Nichemja Sigal, Anathol Rosenfeld e outros promoveu, através do jornal, um movimento literário na cidade e publicou Estradas e Ruas (poemas) que Érico Veríssimo e Sérgio Millet comentaram favoravelmente. Em 1946 mudou-se para São Paulo e lançou seu primeiro romance, o Caminho do Meio, que mereceu criticas elogiosas de Afonso Schimidt, Geraldo Vieira e Wilson Martins. Repórter, redator, secretário, cronista parlamentar e crítico literário dos Diários Associados onde manteve, também, por quase 20 anos, a coluna espírita com o pseudômino de Irmão Saulo. Exerceu essas funções na Rua 7 de Abril por cerca de trinta anos. Em 1958 bacharelou-se em Filosofia pela Universidade de São Paulo, e pela mesma Universidade licenciou-se em Filosofia tendo publicado uma tese existencial: O Ser e a Serenidade. Autor de oitenta e um. livros de Filosofia, Ensaios, Histórias, Psicologia, Espiritismo e Parapsicologia sendo a sua maioria inteiramente dedicada ao estudo e à divulgação da Doutrina Espírita, e vários de parceria com Chico Xavier. Lançou, a série de ensaios Pensamento da Era Cósmica e a série de romances de Ficção Científica e Paranormal. Foi diretor-fundador da Revista de Educação Espírita publicada pela Edicel.

Em 1954 publicou Barrabás que mereceu Prêmio do Departamento Municipal de Cultura de São Paulo em 1958, constituindo o primeiro volume da trilogia Caminhos do Espírito. Em 1975 publicou Lázaro e, com o romance Madalena, editado pela Edicel em maio de 1979, a concluiu. Ao desencarnar, deixou vários originais os quais vêm sendo publicados pelas Editoras Paidéia e Edicel.

divisor-6

Bibliografia completa

Revisada com base nas seguintes fontes de referência:

– “Curso Dinâmico de Espiritismo”, 1ª edição, Paidéia, 1979
– Fundação Maria Virgínia e J. Herculano Pires – www.fundacaoherculanopires.org.br

Dissertações doutrinárias

  • A Pedra e o Joio, Ed. Cairbar, 1973.
  • Agonia das Religiões, Paidéia, 1976.
  • Educação Espírita, Edicel, 1970-77.
  • Educação para a Morte, Correio Fraterno, 1978.
  • Mediunidade, Edicel, 1978.
  • Na Era do Espírito, GEEM., 1973.
  • Na Hora do Testemunho, Paidéia, 1978.
  • O Centro Espírita, Paidéia, 1980.
  • O Homem Novo, Correio Fraterno, 1989.
  • O Infinito e o Finito, Correio Fraterno, 1989.
  • O Mistério do Bem e do Mal, Correio Fraterno, 1989.
  • O Verbo e a Carne (c/ Júlio Abreu Filho), Ed. Cairbar, 1973.
  • Obsessão, o Passe, a Doutrinação, Paidéia, 1979.
  • Os Três Caminhos de Hécate, Edicel, 1962.
  • Vampirismo, Paidéia, 1980.
  • Visão Espírita da Bíblia, Correio Fraterno, 1983.

Ciência / Parapsicologia

  • Arigó, um Caso de Fenomenologia Paranormal, Francisco Alves, 1963.
  • Arigó, Vida e Mediunidade, Edicel, 1976
  • Ciência Espírita e suas Implicações Terapêuticas, USE, 1978 / Paidéia, 1979.
  • Parapsicologia e suas Perspectivas, Edicel, 1964, 74, 76 e 77.
  • Parapsicologia Hoje e Amanhã, Edicel, 1966.

Psicologia

  • Introdução à Psicologia, IBF (curso), 1952.
  • Pesquisa sobre o Amor, Paidéia, 1983.
  • Psicologia da Liderança, Paidéia, 1977.

Filosofia

  • A Busca da Serenidade, Tip. Ipiranga, 1945.
  • As Dimensões da Educação, FFCL, Araraquara, 1960.
  • Atlântida, Poesia e Mito, Ed. A Semana, 1948.
  • Blavatski e Gandhi, Lake, 1949.
  • Conceito Moderno de Poesia, Tip. Ipiranga, 1946.
  • Concepção Existencial de Deus, Paidéia, 1981
  • Curso Dinâmico de Espiritismo, Paidéia, 1979.
  • Evolução Espiritual do Homem, Paidéia, 1977.
  • Farias Brito, Revista Filosófica, 1960.
  • Introdução à Filosofia Espírita, Paidéia, 1983.
  • O Espírito e o Tempo, Edicel, 1964 e 1977.
  • O Mistério do Ser Ante a Dor e a Morte, Paidéia, 1981.
  • O Reino, tese social-cristã, Lake, 1947.
  • O Sentido da Vida, Paidéia, 1977.
  • O Ser e a Serenidade, Edicel, 1966.
  • Os Filósofos, Cultrix, 1960.
  • Os Sonhos de Liberdade, Paidéia, 1977.
  • Renan e os Evangelhos, Cultrix, 1965.
  • Revisão do Cristianismo, Paidéia, 1977.
  • Rousseau e a Educação, Cultrix, 1965.

Ficção literária

  • A Viagem, novela, Ed. Belrs, Porto Alegre, 1976.
  • Barrabás, o Enjeitado, Lake SP, 1954; Edicel, 1961; Clube do Livro, 1964.
  • Cabo Velho & Cia., contos, Ed. O Porvir, 1929.
  • Cidades Vivas, contos, Ed. Rio Novo, 1930.
  • Daga Moriga, Piratininga, 1955.
  • Jamurana e as Águas Selvagens, Paidéia, 1978.
  • Lázaro, romance, Edicel, 1973-1977.
  • Madalena, terceiro romance da trilogia “A Conversão do mundo”, Edicel, 1978.
  • Nhô Chico Bananeiro, contos, Ed. O Porvir, 1928.
  • O Caminho do Meio, romance, Brasiliense, 1948.
  • O Serenista, romance, Ed. A Semana, 1930.
  • Os Sonhos Nascem na Areia, novela, Paidéia, 1978.
  • Sonhos Azuis, Tip. Ipiranga, 1930.
  • Tempo de Magnólias, Piratininga, romance, 1961.
  • Um Deus Vigia o Planalto, romance, Francisco Alves, 1968.

Crônicas e ensaios

  • À Margem da Guerra, Diário Paulista, 1945.
  • Astronautas do Além, Ed. G., 1973.
  • Chico Xavier pede Licença, crônicas, Ed. G., 1972.
  • Crítica da Teoria Corpuscular do Espírito, Curso, 1952.
  • Diálogo dos Vivos, Ed. G., 1974.
  • Espigão, crônica, Diário Paulista, 1946.
  • Ficção científica paranormal
  • Adão e Eva, novela, Paidéia, 1977.
  • Metrô para o Outro Mundo, romance, Edicel, 1981.
  • O Menino e o Anjo, Paidéia, 1977.
  • O Túnel das Almas, Paidéia, 1978.

Poesia

  • África, poema, Tip. O Minuto, 1955.
  • Argila, poemas, Lake, 1946.
  • Coração, poemas Tip. Ipiranga, 1932.
  • Estradas e Ruas, poemas, Francisco Alves, 1933.
  • Mensagens, poemas, Tip. Paulista, 1976.
  • Mulher de Pedra, poemas, Mim. Paulista, 1938.
  • Murais, poemas, Ed. Palma, 1968.
  • Poemas do Tempo e da Morte, Ed. A Semana, 1974.
  • Quando o Outono Chegar, poemas, Dat. Avaréense, Avaré, 1932.

Outros trabalhos literários

  • Abandono da Infância, crônicas sobre a condição precária da infância na Média Sorocabana e conseqüente organização da Cruzada Papai Noel para socorro às crianças pobres, Ed. “O Porvir”, 1936.
  • Árvores Sagradas, Artigos em defesa das árvores do Jardim do Largo São João, em Avaré, Tip. Central, Avaré, 1937.
  • Flores Murchas, estudo sobre a carência de assistência médica e orientação alimentar da criança na região cerqueirense. Ed. “O Porvir”, 1937.
  • Orientação Pediátrica, trabalho em colaboração com o Dr. Adalberto de Assis Nazaré e conseqüente promoção do 1º Concurso de Robustez Infantil da Sorocabana, Tip. A Semana – Cerqueira César, 1936.

line-h

FONTE: Autores Espíritas Clássicos

2.5/5 (2)

Por favor, avalie este artigo.

Tags: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More Stories From Quem foi