Go to ...

Jornal de Ciência Espírita on YouTube

29/06/2017

Construtores e Mantenedores do Universo Backpacker


universe_keeperVários aspectos nos incitam a considerar o Espiritismo como uma ideologia maior. Como demonstrado anteriormente, os valores preconizados pelo Espiritismo estão acima das demais ideologias, pois através de seu método e lógica doutrinária são capazes de suprir todas as posturas que o indivíduo deve manter sobre sua sociedade (NEFCA, 2014).

Vamos por um instante nos atentarmos a uma interface importante deste modelo de comportamento frente a sociedade: o aspecto ambiental:

Porque podemos dizer seguramente que o espírita deve ser sustentável e ecologicamente correto? Porque sabemos que inexoravelmente, faremos parte das gerações futuras e temos responsabilidade para com os processos e recursos naturais que o ambiente nos fornece.

Há evidências nítidas que as variáveis antrópicas, ou seja, o ritmo da atuação humana, tem alcançado níveis que estão sobrecarregando as fontes de recursos naturais. Em estimativas cientistas já mencionam que necessitamos de 1,5 Planetas Terras para subsidiarem nosso modo atual de vida. É a tal da pegada ecológica[1]: uma expressão traduzida do inglês ecological footprint e refere-se, em termos de divulgação ecológica, à quantidade de terra e água que seria necessária para sustentar as gerações atuais, tendo em conta todos os recursos materiais e energéticos, gastos por uma determinada população. (WWF, 2005).

Não há como fugir do conceito de sustentabilidade – Desenvolvimento presente garantindo o futuro das próximas gerações – e teremos que desenvolvermos em nós as HABILIDADES necessárias para mantermos condições de sobrevivência no âmbito material, seja com novas tecnologias, recursos renováveis e metodologias.

Estas ações já tem sido conduzidas, devido ao conhecimento da exaustão dos combustíveis fósseis, por exemplo. Biocombustíveis, biomassa, energia nuclear, fontes cada vez mais sendo introduzidas para substituírem outras que degeneram nosso patrimônio natural. Cabe a nós inteirarmo-nos destas iniciativas, e nos engajarmos neste processo da forma mais adequada possível.

Separar materiais recicláveis e economizar energia elétrica já é um bom início. Participar de forma assídua da política de seu município, como cidadão, em audiências públicas para o norteamento de escolhas de projetos acertados para a sustentabilidade, deve ser uma META a se atingir.

Fatalmente a questão 780 de O Livro dos Espíritos vem à tona: o progresso intelectual é CAUSA PRIMÁRIA do progresso moral. Sem o desenvolvimento do intelecto não estaremos aptos a contribuirmos nesse processo, e estaremos a mercê da criatividade de outrem. O pensamento do codificador levou ao cerne da questão: A educação é a chave para o progresso.

Em suma, a aplicação do conhecimento, de maneira estruturada e integrada, em prol da sociedade e seus inúmeros processos, nos levará a níveis proporcionalmente maiores de desenvolvimento no âmbito moral, social, ambiental, técnico, resultando a uma qualidade de vida cada vez maior.

No âmbito moral, a responsabilidade do espírita não fica por menos: Ao nos desvencilharmos da perspectiva da matéria, tal como conhecemos, estamos aptos a contribuir com a evolução do próximo… e não é de pregação de moral que estou falando, mas sim de divulgação de convicções essenciais, fruto dos axiomas espíritas, que o orientarão a direcionar de maneira mais acertada sua vida. Ou seja, a ORIENTAÇÃO resulta em maior efeito e eficácia naquele que é ORIENTADO, quando o ORIENTADOR já se esforça em controlar suas más tendências.

Em que o estudo sério e aprofundado da Doutrina Espírita pode ajudar neste processo?

O que é o Espiritismo“: Noções elementares da Doutrina e técnicas de argumentação/arguição, através de exemplos de debates que o codificador demonstra, com três exemplos de argumentadores: o crítico, o cético e o sacerdote.

O Livro dos Espíritos“: Aquisição e lapidação de honestidade intelecto-moral; Assimila-se os conceitos de que deve-se perguntar o que não sabe, e depreende-se as consequências morais da aplicação deste conhecimento, com as leis naturais.

O Livro dos Médiuns“: Estruturação teórica e prática da mediunidade; Aquisição de postura proativa (não ociosa) de maneira a se vigiar e não permitir que a atuação dos espíritos dirijam seus pensamentos a seu bel-prazer.

Ademais, nas outras obras básicas, encontramos derivações das construções individuais e coletivas supramencionadas. Com a obra “A Gênese“, temos um panorama de leis e mecanismos que regem o Universo, sua formação e manutenção, além de registrarmos a necessidade de aferição de sistemas pessoais, que devem ser comprovadas ou refutadas em concomitância com o avanço da ciência acadêmica.

Em O Evangelho Segundo o Espiritismo” concilia-se a instrução metodológica (CUEE)[2], logo em sua introdução, com a exemplificação de modelos morais a serem observados e alcançados, com a aplicação do modelo de comportamento observado no OLE (O Livro dos Espíritos).

Em “O Céu e o Inferno e “Revistas Espíritas” complementa-se a estrutura deste estudo, acompanham-se múltiplos relatos de espíritos em diversas condições morais. Aprendemos a nos situarmos, e projetarmos esforços para atingirmos as condições ideais, visão de futuro a ser alcançado e progresso em diversas facetas.

Enfim, sob posse deste ENCADEAMENTO do conhecimento, estruturado de forma LÓGICA e CONCISA, teremos condições para separarmos o joio do trigo, fazermos escolhas mais justas e poderemos alcançar o ponto-chave que é o convite do início deste breve texto: NOS TORNAREMOS APTOS A NOS RESPONSABILIZARMOS, CADA VEZ MAIS, PELA CONSTRUÇÃO E MANUTENÇÃO DE NOSSO UNIVERSO, NO EQUILÍBRIO NECESSÁRIO ENTRE O ESPÍRITO E A MATÉRIA.

PROSSIGAMOS, pois a batalha intelectual, moral e ideológica é árdua e longa. Não poupemos esforços.

 


 

REFERÊNCIAS CONSULTADAS:

KARDEC, ALLAN. Obras básicas da Doutrina Espírita. Editora LAKE, traduzida por J. Herculano Pires. Edições Diversas.

NEFCA – Núcleo Espírita de Filosofia e Ciências Aplicadas. Ideologia espírita e ideologias menores. Artigo disponível em: http://www.nefca.org.br/artigo/ideologia-espirita-e-ideologias-menores e obras básicas do Espiritismo. 2014.

PEGADA ECOLÓGICA. Conceito. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Pegada_ecol%C3%B3gica. Acesso em 23 de Agosto de 2014.

SUSTENTABILIDADE: Conceito. Disponível em: http://www.wwf.org.br. Acesso em 23 de Agosto de 2014.

[1] Você pode estimar sua pegada ecológica aqui: http://www.footprintnetwork.org/en/index.php/GFN/page/calculators/

[2] O conceito deste método é abordado neste link: http://www.jornalcienciaespirita.spiritualist.one/um-convite-a-postura-cientifica/

Por favor, avalie este artigo.

Tags: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More Stories From Backpacker

About [JCE] - Editor

Editor geral e responsável pela diagramação dos artigos no Jornal Impresso e Online.