Go to ...

Jornal de Ciência Espírita on YouTube

28/05/2017

Aos assinantes da Revista

Até este dia, a Revista Espírita, foi essencialmente a obra , a criação de Allan Kardec, como de resto, todas as obras doutrinárias que ele publicou.

Quando a morte o surpreendeu, a multiplicidade de suas ocupações e a nova fase na qual entrava o Espiritismo, lhe fizeram desejar reunir alguns colaboradores convencidos, para executar, sob a sua direção, trabalhos aos quais não podia mais bastar.

Trataremos de não nos afastar do caminho que nos traçou; mas nos pareceu de nosso dever, consagrar aos trabalhos do Mestre, sob o título de Obras Póstumas, algumas páginas que reservaria se permanecesse corporalmente entre nós. A abundância dos documentos acumulados em seu escritório de trabalho nos permitiu, durante vários anos, de publicar, em cada número, além das instruções que ele queria bem nos dar como Espírito, um desses interessantes artigos que ele sabia tão bem tornar compreensível a todos.

Estamos persuadidos de assim satisfazer aos desejos de todos aqueles que a filosofia espírita reuniu nas mesmas classes, e que souberam apreciar, no autor de O Livro dos Espíritos, o homem de bem, o trabalhador infatigável e devotado, o espírita convencido, aplicando-se em sua vida privada, em pôr em prática os princípios que ensinava em suas obras.

Revista Espírita, 12º ano – Junho de 1869.