Go to ...
Jornal de Ciência Espírita on YouTubeRSS Feed

22/11/2017

A Gênese

22 DE FEVEREIRO DE 1868

(Comunicação particular. Médium sr. D…)


Em seguida a uma comunicação do Dr. Demeure, em que me dá sábios conselhos sobre as modificações a levar ao livro da Gênese, quando de sua reimpressão, da qual me convidou a me ocupar sem atraso, disse-lhe:

A venda tão rápida até aqui se acalmará, sem dúvida; é o efeito do primeiro momento. Creio, pois, que a quarta e a quinta edições terão mais tempo para se esgotarem. No entanto, como é necessário um certo tempo para a revisão e a reimpressão, importa não ser pego inesperadamente. Poderíeis me dizer, aproximadamente, quanto tenho de tempo diante de mim, para agir em conseqüência?

Resposta. – É um trabalho sério essa revisão, e vos convido a não esperar muito tempo para empreendê-la: é melhor que estejais pronto antes da hora do que se se devesse esperar depois de vós. Sobretudo, não vos apresseis. Apesar da contradição aparente de minhas palavras, me compreendeis sem dúvida. Colocai-vos prontamente à obra, mas não a tendes continuamente por muito tempo. Tomai vosso tempo: as idéias serão mais límpidas, e o corpo com isso ganhará, fatigando-se menos.

É necessário, no entanto, vos esperar um escoamento rápido. Quando vos dissemos que esse livro seria um sucesso, entre os vossos sucessos, entendíamos ao mesmo tempo um sucesso filosófico e material. Como vedes, nossas previsões eram justas. Ficai pronto a toda hora, isso será mais rápido do que o supondes.

Nota. – Numa comunicação de 18 de dezembro, foi dito: Isto será, certamente, um sucesso entre os vossos sucessos. É notável, que com dois meses de intervalo, um outro Espírito repita precisamente as mesmas palavras, dizendo: Quando nós vos dissemos, etc. Essa palavra nos prova que os Espíritos agem de acordo, e que, freqüentemente, um só fala em nome de vários.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *