Go to ...
Jornal de Ciência Espírita on YouTubeRSS Feed

17/10/2017

Edições de 1859

Pensamentos Poéticos

Ditados pelo Espírito de Alfred de Musset, para a senhora ** Se tu sofres na Terra, Pobre coração aflito, Se para ti a miséria É um quinhão obrigado Pense, em tua dor, Que tu segues o caminho Que conduz pelas lágrimas Para um melhor destino. Os pesares da vida São pois muito grandes Para que

Sonâmbulos remunerados

Um dos nossos correspondentes nos escreveu a propósito de nosso último artigo sobre os médiuns mercenários, para nos perguntar se nossas observações se aplicam, igualmente, aos sonâmbulos remunerados. Querendo-se remontar à fonte do fenômeno, ver-se-á que o sonâmbulo, se bem que se possa considerá-lo como uma variedade de médium, é um caso diferente do médium

Aforismos Espíritas e pensamentos destacados

Os Espíritos se encarnam homens ou mulheres, porque eles não têm sexo. Como devem progredir em tudo, cada sexo, como cada posição social, lhes oferece as provas e os deveres especiais, e a ocasião de adquirirem a experiência. Aquele que fosse sempre homem, não saberia senão o que sabem os homens. Pela Doutrina Espírita, a

Aviso

Recebemos, sem cessar, cartas de nossos correspondentes que nos pedem a História de Joana D’Arc e a de Luís XI, das quais publicamos extratos, assim como o álbum dos desenho do senhor Victorien Sardou. Lembramos aos nossos leitores que a história de Joana D’Arc está completamente esgotada, agora; que a vida de Luís XI, assim

Problema moral – Os canibais

Um dos nossos assinantes nos dirigiu a pergunta seguinte, com o pedido de resolvê-la pelos Espíritos que nos assistem, se ainda não o fora resolvida. “Os Espíritos errantes desejam, depois de um lapso de tempo mais ou menos longo, e pedem a Deus, sua encarnação como meio de adiantamento espiritual. Eles têm a escolha das

A Indústria

Comunicação espontânea do senhor Croz, médium escrevente, lida na Sociedade, em 21 de janeiro de 1859. Os empreendimentos que cada dia despontam, são os atos providenciais e o desenvolvimento dos germes depositados pelos séculos. A Humanidade e o planeta que ela habita têm uma mesma existência, cujas fases se encadeiam e se respondem. Logo que

Conversas familiares de além-túmulo – Benvenuto Cellinl

(Sessão da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas de 11 de março de 1859.) 1. Evocação. – R. Interrogai-me, estou pronto; sede tão extensos quanto o desejais: tenho tempo para vos dar. 2. Lembrai-vos da existência que vivestes na Terra, no século XVI, de 1500 a 1570? – R. Sim, sim. 3. Qual é, atualmente, a

Senhor Girard de Codemberg

Antigo aluno da Escola Politécnica, membro de várias sociedades de sábios, autor de um livro intitulado: O Mundo espiritual, ou ciência cristã de comunicar intimamente com as potências celestes e as almas felizes. Falecido em novembro de 1858; evocado na Sociedade, no dia 14 de janeiro seguinte. 1. Evocação. – R. Estou aqui; que quereis

Senhor Poitevin, aeronauta

Morto há mais ou menos dois meses, de uma febre tifóide contraída em conseqüência de uma descida que fez em pleno mar. Sessão da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas, de 11 de fevereiro de 1859. 1. Evocação. – R. Heis-me, falai. 2. Lamentais a vida terrestre? – R. Não. 3. Sois mais feliz que de

Cenas da vida particular Espírita

Em nosso número anterior, apresentamos o quadro da vida Espírita como conjunto; seguimos os Espíritos desde o instante em que deixaram seu corpo terrestre, e rapidamente esboçamos suas ocupações. Hoje nos propomos mostrá-los em ação, reunindo num mesmo quadro diversas cenas íntimas que nossas comunicações nos testemunharam. As numerosas conversas familiares de além-túmulo publicadas nesta

Música de além-túmulo

O Espírito de Mozart veio ditar ao excelente médium, Senhor Bryon-Dorgeval, um fragmento de sonata. Como meio de controle, esse último fê-la ouvir por vários artistas, sem indicar-lhes a fonte, pedindo simplesmente que cor encontravam nesse trecho; cada um nele reconheceu, sem hesitação, a marca de Mozart. Foi executado na sessão da Sociedade, do dia

Older Posts››