Go to ...

Jornal de Ciência Espírita on YouTube

25/04/2017

Colunistas

O Caráter progressista da Ciência Espírita João Viegas

Devemos ter em mente que as explicações recebidas dos Espíritos por Kardec, acerca dos fenômenos, estavam de acordo com o grau de conhecimento dos homens daquela época, e, portanto, cabe a nós, enquanto adeptos do Espiritismo, dar continuidade a esse trabalho, agregando à teoria espírita novos elementos para torná-la atual e consistente. Com efeito, a

O desastre do dirigível R101 e a manifestação emocionada de seu capitão desencarnado Krayher

No verão de 1930 o dirigível R101, o maior já construído naquela época, passou por muitas modificações na sua estrutura e por diversas etapas de modernização, pretendia-se adaptá-lo para realizar viagens muito longas, feito anteriormente impossível devido a pequena potência de seus motores. A aeronave faria sua última viagem, partindo de Londres na Inglaterra com destino

As várias moradas ou os mundos espirituais Maria Ribeiro

A afirmação de Jesus de que há várias moradas na casa do Pai faz entender que ele fala de uma pluralidade de lugares que acolhe a todos os seus filhos, não ficando ninguém desprovido de abrigo, antes, durante ou após a vida física. E, tomando o universo por propriedade divina, esta afirmação se expande a

O MUNDO DOS ESPÍRITAS Maria Ribeiro

O mundo dos espíritas – Nesta oportunidade far-se-á algumas observações acerca dos possíveis efeitos causados pelos ensinamentos do Espiritismo, ou o que exatamente estes ensinamentos tem provocado em seus adeptos do ponto de vista social. Segundo o que os Espíritos disseram a Kardec, a missão do Espiritismo era transformar a humanidade. Disto entende-se que, através

Papel dos espíritas perante o Espiritismo João Viegas

Muitos espíritas acreditam que a filosofia espírita é mérito exclusivo dos Espíritos, cabendo a Kardec apenas sistematizar e organizar as comunicações provenientes do plano espiritual. Este comportamento poderia sugerir aos adeptos do Espiritismo uma postura passiva e silenciosa diante das comunicações, sem a necessidade de investigação, análise e ponderações, uma vez que os Espíritos nos

Wallace, a matemática e a reencarnação Marcio Rodrigues Horta

Em 1904, no artigo Teríamos já vivido na Terra antes? Viveremos nela novamente? [Artigo traduzido para o português e publicado no site do CPDOC espírita. Ver Horta 2011.], publicado na revista The London magazine, Alfred Wallace (1823-1913) impugnou duramente o tema da reencarnação, deixando claro que seu espiritualismo não se resolvia em espiritismo[Em 1857, na França, Allan

Reencarnação – Decifrando o caso Antônia Marcio Rodrigues Horta

Thomas Kuhn afirmou que uma revolução científica resulta antes da reinterpretação dos dados existentes que do acúmulo de fatos novos[ Kuhn 1998.]. Infelizmente, trata-se aqui de uma contrarrevolução, pois tenciono evidenciar que o conhecimento excepcional apresentado por Laurel Dilmen (LD) pode resultar de uma ocorrência rara da mente humana, mas não necessária ou prioritariamente de

A identidade dos Espíritos e o excesso de credibilidade Maria Ribeiro

A importância capital na distinção dos Espíritos diz respeito, a saber-se se são bem ou mal intencionados, sábios ou ignorantes, sendo o restante de importância secundária, salvo se tratar-se de identificá-lo como pessoa desencarnada de nossas relações, onde se faz necessária a comprovação da identidade. A identificação será mais difícil quando tratar-se de personagens antigas,

O mito das traduções do Herculano João Donha

Lá pelos anos 70, quando se desenrolava aquele entrevero entre o Herculano Pires e a FEESP – Federação Espírita do Estado de São Paulo (mais o Paulo Alves Godoy,) por conta da esdrúxula tradução do O Evangelho Segundo o Espiritismo, um amigo meu, por sinal sujeito humilde e trabalhador acostumado a concretizar em ações o

O discurso de Miguel Vives João Donha

Foi solicitado ao autor de O Tesouro dos Espíritas que discorresse, no já referido Congresso Internacional Espírita, em Barcelona, 1888, sobre o tema As tendências do Espiritismo em sua parte moral. Aí vai a tradução livre do seu discurso. Um testemunho afetivo e sincero desse expoente do Espiritismo. Alguns poderão achá-lo excessivamente sentimental e, por

Older Posts›› ‹‹Newer Posts