Go to ...

Jornal de Ciência Espírita on YouTube

23/07/2017

Maria Ribeiro

O aborto sob a visão Espírita e sob a visão materialista Maria Ribeiro

Recentemente* o Supremo Tribunal Federal legalizou o aborto de fetos, cujos exames comprovem que sejam portadores de uma má formação encefálica denominada anencefalia. O termo anencefalia sugere falta total do encéfalo, o que impediria que o bebê se desenvolvesse, com o comprometimento das funções orgânicas. Isto é fato, uma vez que o encéfalo é o

As várias moradas ou os mundos espirituais Maria Ribeiro

A afirmação de Jesus de que há várias moradas na casa do Pai faz entender que ele fala de uma pluralidade de lugares que acolhe a todos os seus filhos, não ficando ninguém desprovido de abrigo, antes, durante ou após a vida física. E, tomando o universo por propriedade divina, esta afirmação se expande a

O MUNDO DOS ESPÍRITAS Maria Ribeiro

O mundo dos espíritas – Nesta oportunidade far-se-á algumas observações acerca dos possíveis efeitos causados pelos ensinamentos do Espiritismo, ou o que exatamente estes ensinamentos tem provocado em seus adeptos do ponto de vista social. Segundo o que os Espíritos disseram a Kardec, a missão do Espiritismo era transformar a humanidade. Disto entende-se que, através

A identidade dos Espíritos e o excesso de credibilidade Maria Ribeiro

A importância capital na distinção dos Espíritos diz respeito, a saber-se se são bem ou mal intencionados, sábios ou ignorantes, sendo o restante de importância secundária, salvo se tratar-se de identificá-lo como pessoa desencarnada de nossas relações, onde se faz necessária a comprovação da identidade. A identificação será mais difícil quando tratar-se de personagens antigas,

Influência do Catolicismo no Espiritismo Maria Ribeiro

Não são poucas as orientações das obras da codificação assinadas com nomes dos santos católicos que foram, de alguma forma, expoentes de uma fé verdadeira e que, até certo ponto, puderam exercer alguma influência benéfica no seio da Igreja e que tiveram algum eco para a humanidade, muito embora não imediatamente. Este é um importante

A Lei de destruição Maria Ribeiro

A parte terceira de O Livro dos Espíritos é reservada a esclarecer sobre as leis morais, classificadas por Kardec com a permissão dos Espíritos em dez partes; aliás, a mesma divisão mosaica e que, segundo os Orientadores do Plano Maior, abrangem todas as circunstâncias da vida. (648) Dentre as leis morais, a lei de destruição

O Espírita na Sociedade Maria Ribeiro

“Deus fez o homem para viver em sociedade. Deus não deu inutilmente ao homem a palavra e todas as outras faculdades necessárias à vida de relação.” (O Livro dos Espíritos, 766). Esta é a primeira questão do capítulo VII da terceira parte intitulado LEI DE SOCIEDADE, onde os Espíritos Codificadores afirmam ser a vida social uma lei

O método kardequiano Maria Ribeiro

Tudo seria perfeito se entre os adeptos houvesse a concordância de que o método kardequiano ainda é a forma mais segura de se iniciar e prosseguir nos estudos acerca dos postulados Espíritas. A exemplo do que aconteceu com os ensinamentos do Cristo, cujos sentidos foram distorcidos ou alterados, os ensinamentos dos Espíritos também foram e

O Espiritismo e as curas espirituais Maria Ribeiro

Seria compreender muito pouco o propósito real da Doutrina Espírita o pensar que curas espirituais são uma de suas especialidades, desobedecendo a uma irrevogável ordem natural de coisas. A busca pelo bem estar é um princípio do instinto de conservação, que é uma lei natural. Portanto não existe nada mais justo que procurar-se recursos capazes

A Mediunidade e as evocações Maria Ribeiro

Allan Kardec definiu mediunidade como sendo uma “faculdade inerente ao homem”, esclarecendo que não é privilégio exclusivo de ninguém. As palavras do nobre Codificador desfazem a antiga crença de que alguns possuíam “dons” especiais, merecendo a bajulação, a adoração e o respeito dos outros por causa disso. Médium, no dizer Kardequiano, “é toda pessoa que

Older Posts››